© Modéstia à Parte | Cecília Rodrigues

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

De frente com a Ceci #7: INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

02.12.2016

Olá pessoinhas que leem meu blog!

 

Embora pareça, eu NÃO vou falar sobre o tema da redação do ENEM kkkkkk (pra quem não sabe, o tema da redação do ENEM de 2016 foi "Intolerância Religiosa").

Eu vim aqui comentar sobre uma coisa que já aconteceu muito comigo, e que eu fui relembrada recentemente, então continua lendo que está bem legal viu?

Eu tinha ido com meu marido em uma loja de móveis, e um moço atendeu a gente. A princípio achei ele super respeitoso e tal, uma pessoa diferente. Em algum ponto do nosso tour pela loja, ele puxou conversa: 

 

Moço: - Pelo jeito vocês são evangélicos.

Eu: - Somos sim.

Moço: - De que igreja vocês são? Da Assembléia?

Eu: - Não, somos do Tabernáculo.

Moço: - Ah, não conheço. Perguntei porque minha mãe é da Assembléia.

Eu: - Sempre me perguntam se sou da Assembléia, mas nossa igreja tem mais doutrina.

Moço:- Doutrina em qual sentido? Tipo da Deus é Amor?

Eu: - Como assim?

Moço: - Que não pode tirar pêlos e tal.

(SEMPRE me perguntam sobre essa questão de pêlos, e nesse ponto da conversa eu já estava ficando irritada)

Eu: Não tem nada a ver com isso, tirar pêlo é higiene. 

(Eu estava de coque então não dava pra ver o tamanho do meu cabelo, mas como ele viu que eu estava usando saia, ele mudou o rumo da conversa)

Moço: - Ah, eu não vejo problema nenhum em uma mulher usar uma calça, tem coisas que antigamente eram daquele jeito, mas os tempos mudaram, e no frio, como é que faz?

(PRIMEIRO: ele não deveria questionar a minha ou a fé de NINGUÉM. SEGUNDO: certeza que esse ser humano não leu Hebreus 13:8 : "Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente." Não existe essa de "tem coisas que eram só para antigamente".)

Eu: - Olha, nós somos ensinados conforme a Bíblia a conduta que devemos ter.

Moço: - Eu conheço a Bíblia, eu estudei teologia, meu nome é tal (ele tem um nome bíblico) mas tem coisas que são de concepções humanas.

(QUASE que eu respondi: "Pra começar eu não concordo com teologia, e outra, você poderia ter um nome bíblico e ser um traficante. Meu nome é de uma santa católica, e nem por isso sou católica." Mas fiquei quieta porque eu não queria entrar em uma discussão.)

Eu: - Você tem um pensamento, eu tenho o meu. Nós NÃO seguimos um homem, seguimos o que está escrito na Bíblia, e tudo é uma questão de revelação. E já que você mencionou a Assembléia, várias mulheres da Assembléia já me perguntaram por quê eu não uso calça, já que o pastor dessas pessoas "liberou"elas para usarem. Eu não acredito nisso. Nenhum homem tem poder pra "liberar"ou dizer o que você pode ou não pode fazer, quem determina isso é DEUS.

(Ele viu que eu tinha minha opinião, então mudou o tom)

Moço: - Sim, você tem razão.

 

Eu finalmente achei que ele ia parar com as perguntas, até porque ele viu que temos pontos de vista diferentes, mas depois de uns cinco minutos, ele perguntou:

 

Moço: - Vocês parecem ser um casal novo.

Eu: - Sim, somos casados há três meses.

Moço: - Nossa, pouco tempo mesmo. Pelo jeito vocês namoraram bastante tempo.

(Aí ele já estava dando uma de Chico Xavier ou algum tipo de adivinho)

Eu: - Sim, três anos de namoro. (Eu já estava dando respostas curtas pra ele ver que eu não queria conversa)

Moço: - Vocês não são daquela igreja que tem que orar antes de namorar né?

Eu: - Depende do quê você quer dizer, oração é muito importante em qualquer fase de relacionamento.

Moço: - É que fui uma vez em uma igreja em que um menino queria namorar uma menina e o pastor mandou ele orar. Ele orou dois anos e a menina casou com outro, hahahahaha.

Renan (meu marido): Não, não somos dessa igreja.

 

Depois daí , ele nos deixou andar pela loja, e fomos embora.

Fazia muito tempo que uma pessoa não me deixava tão irritada puxando assunto sobre religião. Não tem nenhum problema me perguntar qual igreja eu frequento ou querer saber um pouco mais sobre as doutrinas da minha igreja, porque eu sei que não é comum ver uma mulher nos dias de hoje com um cabelo bem comprido e com uma saia pra baixo do joelho, eu sei que cria curiosidade. MAS, só é normal desde que essas perguntas sejam feitas RESPEITOSAMENTE. E gente, eu ODEIO que me venham com essa de: "Você não é daquela igreja que faz tal coisa...". Da próxima vez que me perguntarem isso eu vou dizer que sou, porque imagina a cara da pessoa com uma resposta dessa.

Eu não gosto que tirem sarro da minha religião e nem da de NINGUÉM. Eu concordo com a não transfusão de sangue, quando poderia salvar uma vida? Não. Eu concordo com não se depilar? Não. Mas isso nunca vai me dar o direito de fazer piadas a respeito das crenças alheias. 

O mais triste é que ele não foi o único que veio rebater meu jeito de ser, fazer piada ou perguntas inconvenientes sobre religião.

Esse moço pensou que só porque ele ACHAVA que tinha um conhecimento maior das Escrituras, ele podia ser inconveniente comigo e rebater minha religião. Pra quê eu vou discutir com uma pessoa de opinião formada? Não leva a simplesmente lugar algum. Existem maneiras de ter um debate saudável, expor sua opinião ou até mesmo evangelizar, mas com certeza não é no tom que esse moço usou comigo.

Enfim, quis fazer um "De frente com a Ceci" diferente, desabafando. E vocês, já passaram por alguma situação parecida? Me contem lá pela aba CONTATO que eu estou com saudade dos recadinhos de vocês!! Ou me mandem uma mensagem via direct pelo meu instagram @modestiaaparte.oficial .

Então é isso, e até semana que vem pessoinhas! Curtam minha página do facebook: facebook.com/modestiaaparte.official e me sigam no instagram pra vocês saberem as novidades e me conhecerem um pouquinho mais. Por lá eu sempre aviso quando tem post novo, posto fotos do meu apartamento e de decoração, posto meus looks e dou algumas dicas bem legais.

Ficamos por aqui, e espero que vocês tenham gostado, Fui!

 

Shalom,

Cecília Rodrigues

 

Tags:

Compartilhe no Facebook
Share on Twitter
Pin it
Please reload